Recado do senador Cristovam sobre o Dia Internacional da Mulher

8 de Março - Dia Internacional da Mulher

Um dos grandes avanços do século XX foi a inclusão das chamadas "minorias", inclusive as mulheres. Oitenta anos atrás as mulheres estavam excluídas até mesmo da cidadania do voto.

 

Hoje, temos uma mulher Presidente da República. Mas a exclusão continua por outras razões em cada minoria. Mesmo com uma lei de igualdade racial, a maioria dos pobres é de negros. Após 25 anos de democracia, o número de analfabetos no Brasil continua praticamente o mesmo de antes do direito ao voto. Mesmo votando, as mulheres continuam com salários menores; os homossexuais continuam vítimas de violência e preconceitos. Tudo porque além de dividida em grupos, a sociedade brasileira é dividida entre os incluídos e os excluídos socialmente. E esta divisão impede que a igualdade dos direit os se afirme como igualdade de oportunidades. O Brasil precisa ir além dos ganhos das minorias e romper com a cortina de ouro que nos divide entre os beneficiados pela modernidade e os excluídos dela.No dia das mulheres, lembremos que temos entre elas aquelas que são pobres, que não têm acesso à educação, aquelas com filhos presos por falta de oportunidade na vida, às sem salário e saúde. Lembremos de todas as mulheres, mas especialmente das que são pobres.

Cristovam Buarque.

 


Smileys

:confused::cool::cry::laugh::lol::normal::blush::rolleyes::sad::shocked::sick::sleeping::smile::surprised::tongue::unsure::whistle::wink:

 1000 Characters left

Antispam Refresh image Case sensitive

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Nós podemos ….

Estamos passando por um momento especial da história brasileira. Temos condições de mudar o futuro. Podemos escolher agora qual a direção que vamos tomar.  O Brasil poderá ser só um pouquinho melhor do que é hoje ou poderá ser um país desenvolvido, com justiça social e grande produtor de conhecimento. Podemos escolher entre seguir melhorando aos pouquinhos em várias áreas e piorando em outras (violência, meio ambiente). Podemos continuar a ser um país dos mais desiguais do mundo, ou um país onde todas as pessoas tenham condições de desfrutar da riqueza gerada por todos. É hora de investir em educação. Não um pouquinho. Nada de gambiarra. Precisamos superar os conservadorismos e corporativismos. É hora de uma revolução na educação. Hora de uma mobilização nacional efetiva e responsável. A juventude precisa se encantar com o magistério, com as escolas sendo centros de cultura e tecnologia. O Brasil somente será um país de oportunidades se a educação for o caminho do desenvolvimento. É por isso que precisamos de uma Revolução na Educação.

Expediente

  • Este portal é de responsabilidade
    do Gabinete do Senador Cristovam Buarque
  • Assessor de Comunicação:
    Paulo Miranda
  • Equipe do Portal:
    Ademir Jr, Ivônio Barros, Leocádio Bijos
  • Sugestões e Críticas, enviar para:
    admin@cristovam.org.br

Conexões

 

 

Este portal tem por objetivo principal mostrar o trabalho e as ideias que o senador Cristovam Buarque (PDT/DF) está colocando em prática no Congresso Nacional e em suas diversar atividades junto a jovens, movimentos sociais, entidades educacionais, sindicatos e outros espaços da sociedade brasileira. Cristovam é conhecido e reconhecido como o Senador da Educação. Mas também é muito atuante nas áreas de maio ambiente, ciência e tecnologia, direitos humanos, relações internacionais, economia, assuntos sociais e participação social.