O Brasil não sente vergonha de ter uma educação ruim. Esta é a manchete da Revista Free São Paulo, que entrevista Cristovam Buarque

A Revista Free São Paulo, com 140 mil exemplares distribuídos gratuitamente, entrevistou o senador Cristovam Buarque, leia o que argumenta e propõe aquele que é conhecido como o Senador da Educação. Cristovam defende uma revolução na educação brasileira, basta de arremedos e gambiarras!

 

 




Gravatar
Francisco das Chagas Nobre Santos (27.03.2012 (16:59:31))
Yes No Quase sempre assino embaixo das declarações do senador. Mas, como podemos acertar isso ainda nessa geração, que está cursando o Fundamental? Não dá tempo de construir escolas a rodo, não dá tempo de treinar professores e administradores escolares para aparelhar as combalidas e anacronicas escolas públicas, ainda mais com esse regime de licitação brasileiro. Então, fica claro que devemos permitir o uso de alguns eficientes sistemas educacionais privados nas escolas públicas. Assim, já teríamos a expertise desses administradores e teríamos um grupo de professores dessas escolas privadas que seriam multiplicadores de seu método/pedagogia aos professores públicos. Uma reforma de pequena a média monta nos prédios escolares públicos e teríamos, em questão de 1 ou 2 anos, uma multidão de escolas aparelhadas a dar um significativo salto no desempenho estudantil que temos hoje, mantendo-se a gratuidade do ensino, mas passando o bastão a quem faz bem a coisa, com fiscalização do Poder Público.

Smileys

:confused::cool::cry::laugh::lol::normal::blush::rolleyes::sad::shocked::sick::sleeping::smile::surprised::tongue::unsure::whistle::wink:

 1000 Characters left

Antispam Refresh image Case sensitive

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Nós podemos ….

Estamos passando por um momento especial da história brasileira. Temos condições de mudar o futuro. Podemos escolher agora qual a direção que vamos tomar.  O Brasil poderá ser só um pouquinho melhor do que é hoje ou poderá ser um país desenvolvido, com justiça social e grande produtor de conhecimento. Podemos escolher entre seguir melhorando aos pouquinhos em várias áreas e piorando em outras (violência, meio ambiente). Podemos continuar a ser um país dos mais desiguais do mundo, ou um país onde todas as pessoas tenham condições de desfrutar da riqueza gerada por todos. É hora de investir em educação. Não um pouquinho. Nada de gambiarra. Precisamos superar os conservadorismos e corporativismos. É hora de uma revolução na educação. Hora de uma mobilização nacional efetiva e responsável. A juventude precisa se encantar com o magistério, com as escolas sendo centros de cultura e tecnologia. O Brasil somente será um país de oportunidades se a educação for o caminho do desenvolvimento. É por isso que precisamos de uma Revolução na Educação.

Expediente

  • Este portal é de responsabilidade
    do Gabinete do Senador Cristovam Buarque
  • Assessor de Comunicação:
    Paulo Miranda
  • Equipe do Portal:
    Ademir Jr, Ivônio Barros, Leocádio Bijos
  • Sugestões e Críticas, enviar para:
    admin@cristovam.org.br

Conexões

 

 

Este portal tem por objetivo principal mostrar o trabalho e as ideias que o senador Cristovam Buarque (PDT/DF) está colocando em prática no Congresso Nacional e em suas diversar atividades junto a jovens, movimentos sociais, entidades educacionais, sindicatos e outros espaços da sociedade brasileira. Cristovam é conhecido e reconhecido como o Senador da Educação. Mas também é muito atuante nas áreas de maio ambiente, ciência e tecnologia, direitos humanos, relações internacionais, economia, assuntos sociais e participação social.