Gravatá recebe palestras sobre problemas respiratórios em aves em setembro

O Convenience Program possui quatro etapas: na primeira faz-se a análise de risco, ou seja, avalia-se os pontos críticos do processo de produção, identificam-se perdas financeiras e orienta-se para o correto diagnóstico das oportunidades de melhoria. Na sequência, é trabalhado o plano de proteção baseado na conclusão do diagnóstico, que é composto por produtos, serviços e equipamentos.

Em seguida, são estruturados os programas de suporte, que possuem duas bases, o Convenience Audit e o Convenience Services. Por fim, obtém-se os benefícios em rentabilidade e performance da empresa avícola.

As duas ferramentas são pontos importantes na manutenção de todo o programa, pois, mediante o Convenience Services, a empresa pode extrair o máximo do potencial genético das aves, auditando e melhorando pontos críticos em incubatórios e granjas que interferem na qualidade e desempenho do pintinho.

O Convenience Audit visa auxiliar a melhoraria dos processos do incubatório, isto é, busca o máximo de assertividade no que se refere à conservação, manejo e aplicação de vacinas no incubatório, garantindo a rastreabilidade em todo processo de vacinação.

Resulta-se assim nos benefícios que se resumem em ganhos econômicos para a empresa, conveniência nos controles favorecendo as equipes de trabalho e bem estar para o plantel. Práticas de manejo e criação são abordadas no programa. “Melhorias nessas áreas podem diminuir a susceptibilidade das aves às doenças”, ressalta Maurício Hisano, Gerente de Produtos da MSD Saúde Animal.

Segundo a diretora de Avicultura da MSD Saúde Animal, Laura Villarreal, a unidade definiu como foco principal prevenir doenças respiratórias, já que são vistas como uma ameaça global para a saúde e desempenho dos animais, mas também proporcionar melhorias no processo relacionado à incubação e manejos iniciais garantindo a qualidade da ave.

O Convenience Program é mais que um programa, é uma melhoria em todo o processo da empresa buscando produtividade e lucratividade”, declara.

A diretora completa lembrando que, a antecipação e a conveniência de iniciar uma proteção respiratória no incubatório proporcionam segurança estendida e, consequentemente, ganho em produtividade e maior retorno sobre o investimento.

Dia 02 de setembro

  • 14h30 – Abertura – Edival Veras – presidente da Associação Avícola de Pernambuco (Avipe) – EPE Produtos Agropecuários
  • 14h45 – Bronquite Infecciosa, o que há de novo no Front? – Prof. Dr. Paulo Brandão / USP
  • 15h30 – Impacto e benefícios do controle de doenças respiratórias – José Di Fabio – JfLab
  • 16h15 – Coffee Break
  • 16h30 – Experiências Globais no controle de doenças respiratórias – Fernando Vargas – Diretor Técnico Global – MSD Saúde Animal
  • 17h15- Convenience Program – Adicionando valor ao seu negócio – Lucas Colvero –Gerente Técnico- MSD Saúde Animal

Serviços

  • Local: Hotel Fazenda Portal de Gravatá
  • Cidade: Gravatá – Pernambuco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *